Mark Hamill afirma que faltou algo em Star Wars: O Despertar da Força

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estrela lendária da franquia Star Wars nos cinemas, o ator Mark Hamill, famoso por interpretar o herói Luke Skywalker, deixou clara sua frustração em relação a um acontecimento em especial no filme Star Wars: O Despertar da Força.

A crítica de Mark foi direcionada à cena em que Han Solo (Harrison Ford) é assassinado por Kylo Ren, na qual Hamill acredita que deveria ter estado presente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando eu li o roteiro, eu achei que a Leia fosse tentar contatar o Luke mentalmente, mas não fosse conseguir, e então iria atrás do Han por conta própria”, Hamill contou ao DigitalSpy. “Ela iria chegar perto dele e se colocar em uma situação difícil e então o Luke chegaria num grande momento e salvaria sua vida. A partir daí iríamos até Han e estaríamos na mesma posição que Rey, Finn e Chewie. Seria tarde demais para salvá-lo, mas presenciaríamos sua morte”, explicou Mark.

“Para Leia e Luke, sua esposa e seus dois melhores amigos, faria sentido testemunhar a sua morte, mas dois personagens que o conheciam há uns trinta minutos? Levaria uma carga emocional muito grande para o próximo filme. Foi uma grande oportunidade perdida”, acrescentou o ator.

Star Wars: Os Últimos Jedi será lançado em 17 de dezembro de 2017, com o Episódio IX fechando a nova trilogia em dezembro de 2019.

Durante esse período, será lançado um novo filme derivado sobre a origem de Han Solo.

Confira o primeiro trailer oficial de Star Wars: Os Últimos Jedi aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio