Niki Caro é a encarregada por dirigir o live-action de Mulan para a Disney. Em uma entrevista passada, a diretora criou polêmica ao afirmar que não faria cenas musicais no longa. Mas nesta segunda-feira, dia 3, Niki explicou melhor sua ideia.

“O live-action é baseado na balada chinesa inspiradora e no clássico da Disney. Ainda estamos explorando o papel da música que vai tocar no filme, mas com certeza terá música”, afirmou, em entrevista ao THR, sem confirmar a presença do clássico Reflection.

A diretora também comentou sobre a polêmica envolvendo A Vigilante do Amanhã: Ghost In The Shell e a série Punho de Ferro, do Netflix. Diferente das duas produções, Niki garantiu que contará com atores asiáticos no live-action.


“À medida que os projetos se tornam maiores, mais certo é que a autenticidade cultural e a especificidade são a única maneira de abordar meu trabalho”, explicou.

Rick Jaffa e Amanda Silver (Jurrasic World) estão escrevendo o roteiro. A data de estreia está marcada para 2 de novembro de 2018. O estúdio também segue pesquisando um elenco chinês para estrelar o live-action.

Saiba mais sobre os 17 próximos projetos de adaptação da Disney