O Estranho Que Nós Amamos | Nicole Kidman é uma virtuosa em cena, diz Sofia Coppola

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cineasta Sofia Coppola costuma desenvolver certos personagens já pensando no intérprete que lhes dará vida. Foi assim com o papel de Bill Murray em Encontros e Desencontros (2003), e foi também assim com a personagem de Nicole Kidman no mais novo filme da diretora, o Estranho que Nós Amamos. Ainda assim, Coppola disse ter ficado impressionada com a atuação de Kidman.

“Eu não vou dizer que fiquei intimidada, mas ela era algo novo, e ela é uma atriz tão talentosa e experiente. Acho que ela é única. Foi como assistir a um virtuoso ou a um atleta incrível. Nós fazíamos uma cena e ela tinha cinco emoções diferentes sendo trabalhadas ao mesmo tempo”, disse a cineasta em entrevista ao Los Angeles Times.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como se não bastasse a presença de Kidman, o elenco conta ainda com nomes como Kirsten Dunst, Elle Fanning e Colin Farrell.

Baseado no livro de Thomas P. Cullinan, o romance de 1971 situado na Guerra Civil e estrelado por Clint Eastwood, gira em torno de um soldado ianque ferido, que é levado para um internato feminino confederado e sua presença causa uma verdadeira revolução no lugar, despertando sentimentos de luxúria, ciúmes e ódio nas mulheres sexualmente reprimidas de lá.

Kidman é a diretora do colégio; Dunst, uma das professoras; Fanning e Rice são alunas da instituição e Farrell é o soldado ferido. O filme estreia no dia 23 de junho de 2017.

Sofia Coppola, Roman Coppola e Youree Henley produzem o filme, que será distribuído pela Focus.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio