Após filme da Disney ser hackeado, diretor de Liga da Justiça dá dicas de segurança

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Disney está sofrendo com hackers que estão ameaçando vazar o filme Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar caso o estúdio não pague uma determinada quantia em bitcoins. Enquanto o caso se desenrola, o diretor Zack Snyder, responsável por Liga da Justiça, resolveu dar algumas dicas para que casos como os da Disney sejam evitados.

Para o diretor, a solução é voltar a utilizar rolo de filmes em parte das gravações. “Talvez eles devam filmar mais. Quero dizer, eu gravo em filme, mas terminamos ele digitalmente. Mas talvez tenhamos que terminar tudo no filme. É analógico, então eles não conseguem roubar ele”, analisou, durante entrevista à TMZ.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo com a dica de não depender tanto dos recursos digitais, Snyder sabe que o perigo de ser hackeado sempre existirá. “Nós sempre fomos muito intensos com a segurança e tentando manter as coisas tão perto e cuidadoso quanto possível – mas neste mundo você nunca sabe, agora, certo? Parece que qualquer um pode ser hackeado. Eu não sei se há uma maneira totalmente segura”.

Com Batman, Flash, Superman, Mulher-Maravilha e Aquaman, o primeiro filme da Liga da Justiça, dirigido por Zack Snyder, estreia em 16 de Novembro de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio