Logan | Diretor diz que o filme teve um final feliz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A despedida de Hugh Jackman como Wolverine foi sem dúvida nenhuma um sucesso. Aclamado pela crítica e pelo público, Logan se tornou um dos filmes mais importantes da franquia X-Men.

Apesar do clima fúnebre no final do filme, o diretor James Mangold acredita que este é um final feliz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu olho para o filme e vejo um final feliz, ao menos da perspectiva de Wolverine. Eu acho que, diferente de tudo que você viu nos 7 ou 8 filmes anteriores, ele está feliz em seus últimos momentos na Terra. Ele se sente satisfeito e eu acho que isto é algo que poucos de nós são capazes de fazer antes de partir. E eu acho que a performance de Hugh é bem transcendente ali, ele se comunica bem e nos deixa emocionados”, disse ele.

O último episódio solo de Wolverine nos cinemas ganhará uma versão em preto e branco e será exibida nos cinemas dos Brasil, ao contrário do que muitos esperavam.

A rede Cinemark divulgou em seu Facebook que irá exibir uma sessão exclusiva em cinemas ao redor do Brasil no dia 29 de maio, o filme em sua versão “noir”.

Confira.

A ideia do filme voltar para os cinemas pode ter sido impulsionada pelo seu sucesso nas bilheterias. Logan arrecadou US$ 600 milhões pelo mundo, segundo o Box Office Mojo.

Logan, dirigido por James Mangold e protagonizado por Hugh Jackman, alcançou o surpreendente número de 6 milhões de espectadores no Brasil em sua quarta semana em cartaz, além de tornar-se a maior bilheteria da franquia X-Men no Brasil e o terceiro melhor resultado da Fox Film no país.

Crítica | Logan

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio