Mulher-Maravilha | Gal Gadot diz que filme é feminista e dá aula sobre o termo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mulher-Maravilha será o primeiro filme de heróis com uma protagonista feminina. E só neste feito já conta com uma grande importância na luta pela igualdade das mulheres. E em entrevista a Entertainment Weekly, Gal Gadot explicou como ela vê o feminismo e como o filme ajuda nesta discussão.

“É claro que Mulher-Maravilha é feminista”, iniciou a atriz. “Acho que as pessoas se enganam sobre o que é feminismo. As pessoas acham que são axilas peludas e mulheres que queimam sutiãs e odeiam homens. Não é isso. Para mim, o feminismo é tudo sobre igualdade e liberdade e (mulheres) escolhendo o que queremos fazer. Se são os salários, então somos pagos iguais aos homens. Não são homens contra mulheres ou mulheres contra homens”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Levando em conta tal perspectiva, Gal Gadot incorporou a ideia ao viver Diana Prince. “Era importante para mim que meu personagem nunca viesse e pregasse sobre como os homens deveriam tratar as mulheres. Ou como as mulheres devem se perceber. Tratava-se mais de atuar sem se lembrar das regras da sociedade. – O que vocÊ quer dizer com as mulheres não poderem entrar no Parlamento? Por quê?”, indagou.

Segundo a atriz, o personagem de Chris Pine também foi trabalhado com base no ideal feminista. “Nós não queríamos fazer Steve a donzela em perigo, e queríamos que eles tivessem um relacionamento muito igual. Se ela se apaixonar por ele, então ele deve ser alguém que toda mulher se apaixona”, explicou.

O elenco do filme conta com Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Connie Nielsen como Rainha Hipólita, Chris Pine como Steve Trevor, Robin Wright como Antiope, Elena Anaya como Doutora Veneno e Lucy Davis como Etta Candy.

Mulher-Maravilha chega aos cinemas no dia 1º de junho no Brasil, com direção de Patty Jenkins. O roteiro foi escrito por Geoff Johns e Allan Heinberg, baseado em argumento de Zack Snyder.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio