Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar | Filme levou seis anos para ficar pronto e só saiu do papel porque Johnny Depp faliu

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após uma estreia arrasadora no Festival de Cannes, lotando todas as salas em que foi exibido, Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar ganhou novo fôlego para a franquia e novos filmes são aguardados.

Durante uma entrevista ao Le Film Français, o produtor Jerry Bruckheimer contou que o filme levou seis anos para ser concluído e que só saiu do papel porque Johnny Depp, que relutava em não fazer outro filme da franquia, precisava de dinheiro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O problema é que a franquia existe em função de Johnny Depp e ele dizia que havia encerrado esse ciclo, mas o desempenho de seus filmes recentes na bilheteria foi tão desastroso que só restou Jack Sparrow para ressuscitá-lo na indústria”, disse Bruckheimer.

Em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, a única esperança de sobrevivência para Jack é o Tridente de Poseidon, mas para encontrá-lo ele tem que fazer uma aliança com Carina Smyth (Kaya Scodelario), uma brilhante astrônoma, e com Henry (Brenton Thwaites), um teimoso marujo da Marinha Real.

Comandando o Dying Gull, seu novo e pequeno navio, o Capitão Jack quer não só reverter sua recente má sorte, como salvar a própria vida de uma das ameaças mais formidáveis que já enfrentou.

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar chega aos cinemas brasileiros no dia 25 de maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio