Star Wars: Os Últimos Jedi | Mark Hamill e o diretor Rian Johnson discordam sobre Luke Skywalker

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo matéria da Vanity Fair, Mark Hamill afirmou que discorda fundamentalmente da visão do diretor Rian Johnson sobre seu personagem Luke Skywalker – um dos mais icônicos da história do cinema.

Hamill declarou que, depois que leu o roteiro de Os Últimos Jedi, escrito pelo diretor, sentiu necessidade de expressar sua discordância.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Em certo ponto, eu precisei dizer a Rian: ‘eu discordo fundamentalmente de cada escolha que você fez para esse personagem. Tirei o peso do meu peito ao dizer isso. Agora, meu trabalho é pegar o que você criou e fazer o meu melhor para concretizar sua visão”, disse Hamill.

O ator fez questão de frisar que nutre grande respeito por Johnson, bem como por J.J Abrams, que dirigiu O Despertar da Força. Trata-se de discordâncias artísticas. E o ator queria ser ouvido – afinal, é um personagem que o acompanha há 40 anos.

É evidente que esse tipo de conflito é muito comum no mundo do cinema. Atores e diretores podem ter visões diferentes sobre um personagem, mas só uma versão vai prevalecer.

O que chamou atenção na declaração de Hamill foi que ele não declarou desacordo com um ou outro aspecto, mas sim uma discordância fundamental com cada escolha feita pelo diretor para o personagem.

Resta saber se o público vai gostar da visão de Johnson vai ao sair das salas de cinema.

Star Wars: Os Últimos Jedi será lançado em 17 de dezembro de 2017, com o Episódio IX fechando a nova trilogia em dezembro de 2019.

Durante esse período, será lançado um novo filme derivado sobre a origem de Han Solo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio