James Gunn diz que seu projeto inicial de Scooby-Doo era para maiores de 18 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última quarta-feira (14) comemorou-se os 15 anos da estreia do primeiro filme do Scooby-Doo no cinema. James Gunn, que foi o roteirista do filme, postou em sua conta oficial no Facebook uma homenagem ao filme, e revelou que sua ideia era fazer um filme completamente diferente.

Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Incrível. Há 15 anos, o primeiro Scooby-Doo estreou. Para aqueles que não conhecem, escrevi o roteiro do filme e foi meu primeiro filme de estúdio. Eu amava o personagem e desde que eu era criança estava entusiasmado com a perspectiva de fazer um filme de ação live-action com a tecnologia CGI que tínhamos em 2002 (!!). Sim, não era exatamente o que planejamos fazer, eu escrevi um filme mais dramático e ousado, voltado para crianças e adultos mais velhos, e o estúdio terminou empurrando-o para um filme infantil de corte limpo. E, sim, os rumores são verdadeiros – o primeiro corte foi classificado como R (impróprio para menores) pela MPAA, e o decote das estrelas femininas foi modificado em CGI para não ofender”, disse ele.

James Gun dirigiu o recente Guardiões da Galáxia Vol. 2 que ultrapassou nesta quarta-feira a marca dos US$ 800 milhões em faturamento global. O longa é atualmente a terceira maior bilheteria do ano, atrás de apenas de Velozes e Furisos 8 e A Bela e a Fera – ambos com mais de US$ 1,2 bilhão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio