Mulher-Maravilha | Diretora explica o desejo de Diana em se tornar uma heroína mundial

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A diretora Patty Jenkins contou em entrevista ao Collider que a Mulher-Maravilha é uma heroína que abraça sua importância e seu destino, por querer simplesmente fazer o melhor para a humanidade.

“Mulher Maravilha tem uma genuína compaixão pelo homem. Querendo ver o melhor dele, e querendo ajudar a humanidade, homens e mulheres, seres humanos. Mas o que o personagem também teve em cada encarnação era seu desejo de ser um herói. Sua mãe era uma heroína, sua tia era uma heroína, e ela sentiu que era o destino de si mesma também ser, e então queria cumprir esse destino desde o início, desde que era pequena”, disse Patty.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com direção de Patty Jenkins, o elenco de Mulher-Maravilha conta com Gal Gadot como a protagonista, Connie Nielsen como Rainha Hipólita, Chris Pine como Steve Trevor, Robin Wright como Antiope, Elena Anaya como Doutora Veneno e Lucy Davis como Etta Candy.

O filme está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio