Scooby-Doo | Diretor revela que filme quase foi feito com censura para maiores de 18 anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Scooby-Doo chegou aos cinemas em uma versão live-action há 15 anos. E o diretor do longa, James Gunn, aproveitou a data para revelar algumas curiosidades sobre o filme do carismático personagem da Hanna-Barbera. Em seu Facebook, o cineasta desabafou sobre alguns problemas que teve no longa e revelou que a produção original foi classificada para maiores de 18 anos.

“Não era exatamente o que planejamos soltar – eu escrevi um filme mais dramático voltado para crianças e adultos mais velhos, e o estúdio terminou empurrando para um filme infantil de corte limpo”, iniciou. “E, sim, os rumores são verdadeiros – o primeiro corte foi classificado como adulto pela MPAA, e o decote das estrelas femininas desapareceu no CGI para não ofender”, acrescentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de todos os problemas que enfrentou, Gunn garante não ter se arrependido de ter aceitado o projeto. “Você sabe, tal é a vida. Eu me diverti muito fazendo esse filme, independentemente de tudo isso. E também consegui comer, comprar um carro e uma casa por causa disso”, agradeceu.

Reboot de Scooby-Doo pode começar universo compartilhado da Hanna Barbera nos cinemas

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio