Ian Mckellen já interpretou diversos personagens icônicos. Gandalf e Magneto estão entre os de maiores destaques. Recentemente o ator disse a Variety que gostaria de ver um James Bond gay, e agora ele abriu um debate para o mesmo portal falando da importância de super-heróis LGBTQ.

“Eu acho que a Marvel é uma casa muito responsável que surgiu com os X-Men, que é uma história política sobre minorias de certa forma. E acho que eles responderiam muito boa a ideia de ter um herói gay ou bissexual. Francamente, olhando alguns super-heróis, eu fico admirado que eles não são gays. Eu fiz o magneto justamente porque queria me parecer assim”, comentou ele.

O novo filme dos X-Men será baseado na Saga da Fênix dos quadrinhos, uma das mais elogiadas, centrada na personagem Jean Grey.


Estão confirmados no elenco, segundo o IMDB, Sophie Turner como Jean Grey/Fênix, Jennifer Lawrence como Mística, James McAvoy como Professor Xavier, Michael Fassbender como Magneto, Nicholas Hoult como Fera, Kodi Smit-McPhee como Noturno, Scott Summers como Ciclope e Alexandra Shipp como Tempestade. Simon Kinberg assume a direção e assina o roteiro.

X-Men: Fênix Negra chega aos cinemas em novembro de 2018.