Angelina Jolie nega acusações de crueldade com crianças africanas em teste de elenco

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Angelina Jolie questionou a versão da Vanity Fair sobre os testes de elenco com crianças do Camboja para o filme First They Killed My Father (ainda sem título em português).

Segundo a matéria em questão, Jolie, que dirige o filme, disse que sua produção usou um método emocionalmente abusivo em testes de elenco com crianças.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, após a controvérsia, ela afirmou que a Vanity Fair distorceu a forma como a seleção realmente ocorreu.

Entenda o caso: Angelina Jolie é criticada por processo cruel usado para escalar criança africana em seu novo filme

“Estou chateada porque um exercício de improvisação, de uma cena que de fato existe no filme, tenha sido descrita como se fosse um cenário real”, declarou a atriz e cineasta, através de comunicado publicado no Huffington Post.

First They Killed My Father é baseado em livro da autora cambojana Loung Ung, sobrevivente do regime genocida de Pol Pot. O filme ainda não tem data de lançamento marcada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio