A estrela de Atômica, Charlize Theron vive uma espiã fora do convencional no longa. E em uma das cenas a personagem tem relação com outra espiã interpretada por Sofia Boutella. E em entrevista à Variety, a atriz comentou sobre a importância da cena gay no longa.

“Eu simplesmente amei isso”, iniciou. “Por tantos motivos: minha frustração de como essa comunidade está representada no cinema ou a falta dela. E também, fez todo o sentido. Isso era adequado para ela. Só sentiu que havia um caminho através dessa relação e o fato de que era um relacionamento do mesmo sexo mostrar uma mulher que não tinha que se apaixonar”, argumentou.

Charlize aproveitou para elogiar a companheira de cena. “Há algo sobre ela que é tão quebrada e vulnerável. Funciona”, analisou. “James Bond não tem tanto calor, você sabe como é. Adorei que não nos escondermos nos lençóis. Agora estou generalizando. Eu não vi muito dos filmes Bond ultimamente. Tenho certeza de que há muito sexo quente nisso”, completou.


Theron dá vida a uma espiã que fica encarregada do caso de um agente do MI-6 morto na véspera da queda do Muro de Berlim.

McAvoy (o jovem Professor Xavier da franquia X-Men), John Goodman (Rua 10, Cloverfield), Til Schweiger (Bastardos Inglórios), Eddie Marsan (Ray Donovan), Sofia Boutella (Star Trek: Sem Fronteiras) e Toby Jones (Capitão América) completam o elenco.

O roteiro foi escrito por Kurt Johnstad (300) e a direção ficou a cargo de David Leitch (De Volta ao Jogo), que abandonou John Wick: Um Novo Dia Para Matar para se dedicar ao thriller.

Atômica estreia no Brasil em setembro.

Confira também outros clipes do filme: