Após matéria do Holywood Reporter sobre uma suposta intenção da Warner de tirar Ben Affleck do papel de Batman, o ator tem se esforçado para frisar sua vontade de continuar com o personagem.

Após o painel da Liga da Justiça na San Diego Comic-Con, Affleck declarou à EW que pretende continuar dando vida a Bruce Wayne nos cinemas “até quando deixarem”. “Certamente, se o batfone tocar, eu irei atender”, brincou.

O ator criticou a cobertura noticiosa da sua saída da direção de The Batman. Inicialmente, Affleck seria diretor, protagonista e produtor do próximo filme solo do Homem Morcego. Mas, em janeiro, foi anunciado que a direção ficaria a cargo de Matt Reeves.


“É um trabalho e tanto, em termos de cenas de ação e o uniforme e o personagem. Tentar fazer isso e dirigir provavelmente seria demais. Algo ficaria comprometido. Eu acho que a imagem que saiu para o mundo (segundo as reportagens) foi de faltar de interesse ou entusiamos. Quando na verdade eu amo o personagem”.

Além de reprisar o papel de Bruce Wayne, Ben Affleck também assumirá a produção do longa do Batman, que deve estrear entre 2018 e 2019.