Christopher Nolan, o diretor da elogiada trilogia de Batman com Christian Bale, fez uma série de declarações polêmicas contra a Netflix. Para o cineasta, a rede de streaming não passa de uma moda passageira e que não produz filme de verdade, já que em sua concepção, filme é uma produção para cinemas e não para o mercado televisivo.

“A televisão existe desde os anos 50 e a Netflix é televisão. Quem se importa com a Netflix? Não faz diferença para ninguém, não é nada mais que uma moda, uma tempestade em copo d´água. Qual é a definição de um filme? O que é um filme? Algo que dura duas horas? É um gênero específico? Não. O que sempre definiu um filme foi o fato de ser exibido nos cinemas. Nem mais, nem menos”, argumentou, em entrevista ao jornal El Mundo.

O diretor ainda deixou claro que não apoia a entrada de produções da Netflix em premiações como o Oscar e o Festival de Cannes. “O fato de a Netflix fazer filmes para televisão que competem no Oscar ou no Festival de Cannes significa apenas que o cinema está sendo utilizando como ferramenta promocional (…) Agora, se eu fosse o diretor de um festival, não aceitaria os filmes da Netflix porque eles não são filmes”, lamentou.