George A. Romero, pai dos filmes de zumbis, morreu no último domingo vítima de um câncer de pulmão. E nesta segunda-feira (17), o criador dos quadrinhos The Walking Dead, Robert Kirkman prestou homenagem ao cineasta. O escritor postou em seu Twitter que Romero foi sua principal fonte de inspiração para a história de sucesso da série da AMC.

“Sem George A. Romero não teria Walking Dead. Sua inspiração não pode ser exagerada. Ele começou tudo, muitos outros seguiram”, escreveu.

O diretor morreu aos 77 anos e deixou um legado de grandes clássicos dos filmes de horror. E as primeiras aparições de zumbis nos cinemas e na TV. Seu primeiro longa, A Noite dos Mortos-vivos, de 1968, foi um grande sucesso. Mesmo com o orçamento de US$ 144 mil, o filme arrecadou mais de US$ 30 milhões.