Mais um ano de Comic-Con, mais um ano de Channing Tatum respondendo perguntas sobre o eternamente adiado filme solo do Gambit, membro dos X-Men.

Segundo o ator em entrevista a Comic-Con, trais atrasos podem ter sido “bênçãos disfarçadas de dificuldades”, tudo porque o momento é muito mais propício agora do que antes para “um filme ousado de super-heróis, que quebre paradigmas”.

“Tivemos, um depois do outro, Deadpool e Logan. São grandes inspirações, e abriram muitas portas. Tínhamos uma boa ideia antes, mas fico feliz que não fizemos porque agora teremos mais liberdade”, contou o ator.


O filme do Gambit, continua sem diretor atrelado desde a saída de Doug Liman, e também sem previsão de lançamento.

Anti-herói capaz de manipular a energia cinética e também habilidoso em arremesso de cartas, luta corporal, e no uso de um cajado, Gambit era um ladrão profissional, o que fez os X-Men confiarem pouco nele quando se juntou ao grupo.