Atenção! O texto abaixo contem spoilers do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar

O primeiro filme solo de Homem-Aranha dentro do Universo Cinematográfico Marvel tinha a missão de mostrar o herói enfrentando um herói que ainda não tinha sido visto em nenhum dos cinco filmes anteriores de Peter Parker produzidos pela Sony. E para isso, os roteiristas de Homem-Aranha: De Volta ao Lar escolheram Abutre como o rival do protagonista. Mas segundo o co-roteirista do longa, John Francis Daley, o vilão poderia ter chegado à produção bem diferente.

“Ele ainda estava roubando do Damage Control, mas tínhamos uma maneira diferente para isso”, iniciou, durante entrevista para o Cinema Blend. (Adrian Toomes) seria o professor (de Peter Parker), e então pensamos: ‘Não, vamos separá-lo completamente da escola – ou, pelo menos, fazer parecer isso’. E acho que foi aqui que decidimos fazer ele o pai do interesse amoroso (de Peter)”, explicou.


O roteirista também explicou como foi escolheram o perfil do vilão interpretado por Michael Keaton. “Uma vez que começamos a falar sobre o Abutre, ficou claro que a versão dos quadrinhos não faria sucesso, onde ele era um velho calvo. Nunca nos sentimos terrivelmente assustadores nos filmes. Então, pensamos: ‘Tudo bem, vamos fazer dele mais um cara de meia-idade'”, revelou.

Dirigido por Jon Watts, Homem-Aranha: De Volta já está nos cinemas do Brasil.