Uma reportagem da Variety fez a estimativa de quanto vale a biblioteca completa da Netflix, em termos de direitos a filmes e séries, e o número impressiona: US$11 bilhões.

Trata-se de um conteúdo mais valioso do que o da Time Warner, talvez o maior conglomerado de entretenimento do mundo, que soma US$10 bilhões. Viacom (US$4.9 bilhões), Discovery (US$2.4 bilhões) e AMC (US$1.5 bilhões) aparecem em seguida na lista.

A estimativa feita pelos analistas da conceituada empresa Morgan Stanley leva em conta não só o valor que a Netflix paga para manter títulos de terceiros em seu catálogo, mas também o valor de mercado de suas produções originais, caso fossem compradas.