Quando foi revelado que veríamos o Hulk lutando em uma arena de gladiadores intergalática em Thor: Ragnarok, logo os fãs dos quadrinhos da Marvel correram para apontar que a premissa vinha de Planeta Hulk, HQ publicada originalmente em 2006.

Em entrevista à IGN durante a Comic-Con, o diretor Taika Waititi conversou sobre a relação entre seu filme e os quadrinhos. “Eu só estava tentando fazer algo diferente, com a minha sensibilidade, quando esses produtores que entendem de quadrinhos chegaram e disseram: ‘E se empurrarmos para esse lado?’. Há muitas homenagens a Planeta Hulk no filme”, contou.

“Há também muitas diferenças”, ressalvou. “Eu não presto muita atenção a essa conversa de fidelidade, queria fazer meu filme. Só tento criar algo legal em termos de personagens, e tom, e visual, e história”.


Thor: Ragnarok | Visual colorido e muita porrada no espetacular trailer da Comic-Con

Em Ragnarok, sua terceira aventura solo, Thor se vê preso do outro lado do universo, sem seu martelo. O herói entra em uma corrida para salvar Asgard do Ragnarok – uma espécie de apocalipse, em que seu mundo seria destruído completamente, tudo pelas mãos de Hela.

Thor: Ragnarok estreia em 25 de outubro no Brasil.