O ator Jackie Earle Haley, que interpretou Rorschach na versão cinematográfica de Watchmen, dirigida por Zack Snyder em 2009, contou ao CinemaBend que planos para uma sequência do filme foram impedidos pela disputa legal entre os estúdios Warner e Paramount.

Mesmo na época do lançamento do primeiro filme, a briga entre os dois estúdios provocou problemas na produção. Segundo Haley, a Paramount “esperou até que estivéssemos com quase tudo pronto para lançar” antes de revelar que, de acordo com um contrato prévio, tinha direito de distribuir o filme internacionalmente.

“Eu gostaria que esse filme tivesse continuado. Eu acho que eles teriam continuado e feito mais filmes, porque houve sucesso o suficiente para isso, especialmente quando chegamos ao mercado de home video. Mas eu acho que o que travou tudo foi a disputa entre os estúdios”, contou.


No momento, a HBO trabalha em um projeto de série de TV baseado nos quadrinhos clássicos.