O diretor Doug Liman, que assinou A Identidade Bourne, Jumper e No Limite do Amanhã, confessou em entrevista ao DigitalSpy que seu “projeto dos sonhos” é o próximo filme de James Bond.

“Eu sempre quis dirigir James Bond. Eu acho que eles só contratam diretores britânico, mas quando eu estava fazendo A Identidade Bourne, pensei: ‘Estou fazendo o James Bond mais pobre'”, brincou Liman.

“Acabou com a minha cabeça quando Cassino Royale saiu e copiou o estilo de Bourne, porque para mim aqueles filmes eram de ouro. Não sou Quentin Tarantino, não cresci vendo filmes ecléticos em uma locadora. Cresci vendo James Bond”, disse.


O novo filme contará com o retorno de Daniel Craig e dos roteiristas de Spectre, Neal Purvis e Robert Wade. Será o 25º longa da franquia desde 1962, quando Bond estreou nos cinemas em O Satânico Dr. No, encarnado por Sean Connery.