Diretora de Mulher-Maravilha responde críticas de James Cameron sobre o filme: “Ele não é uma mulher”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor James Cameron não é o maior fã de Mulher-Maravilha, filme da cineasta Patty Jenkins que ganhou elogios pela representação feminina no gênero dos filmes de super-heróis.

Em entrevista ao The Guardian, ele disse: “Todos os aplausos que Hollywood está dando para si mesma por causa de Mulher-Maravilha são tão equivocados. Ela é um ícone objetificado, é a mesma coisa que a Hollywood machista sempre fez!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E a notícia reverberou tanto que chegou até mesmo na própria diretora, que deu uma longa resposta pelo Twitter.

Confira.

“A inabilidade James Cameron para entender o que Mulher-Maravilha é, ou pelo que ela luta com todas as mulheres do mundo não me surpreende. Por mais que ele seja um grande cineasta, ele não é uma mulher. Mulheres fortes são ótimas (…) Eu acredito que as mulheres devem e podem ser absolutamente tudo que os protagonistas são. Não há certo ou errado em mulheres poderosas, e eu acredito que as próprias mulheres que trabalharam no filme, gostaram dele e lutam por isso conseguem julgar sozinhas o progresso do filme”, disse ela.

Mulher-Maravilha já é o filme mais lucrativo do verão americano, com mais de US$800 milhões de bilheteria ao redor do mundo. De acordo com o Deadline, a sequência do filme será lançada no dia 13 de dezembro de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio