O ator Ed Skrein, o Ajax de Deadpool, anunciou no Twitter que está se retirando da produção do reboot de Hellboy após descobrir que o personagem que lhe foi oferecido, Major Ben Damio, era originalmente asiático nos quadrinhos.

“Eu aceitei esse papel sem saber que o personagem era de origem asiática. Houve muitas conversas e compreensível revolta desde o anúncio, e acho que devo fazer o que é certo”, escreveu ele em declaração oficial. “Ficou claro que representar esse personagem da forma correta é importante para muitas pessoas, e que negligenciar essa responsabilidade seria continuar uma tendência preocupante”.

“Eu sinto é importante honrar e respeitar isso. Por isso, decidi me afastar do papel para que seja escalado propriamente”, escreve. “Representação de diversidade étnica é importante, especialmente para mim, já que tenho uma herança mista na minha família. É nossa responsabilidade tomar decisões morais em tempos difíceis e dar uma voz à inclusividade. É minha esperança que um dia essas discussões se tornem menos necessárias, e que eu possa ajudar a fazer com que representação igual nas artes seja uma realidade. Estou triste em deixar Hellboy, mas se minha decisão nos deixar mais perto desse dia, valeu a pena. Espero que faça a diferença”.


Ian McShane (Game of Thrones) será o pai adotivo do herói, o Professor Broom. David Harbour (Stranger Things) será o Hellboy. Milla Jovovich será a vilã, Rainha de Sangue, enquanto Sasha Lane (American Honey) será o interesse romântico da vez. Neil Marshall vai dirigir.

O novo Hellboy ainda não tem data de estreia.