A nova versão cinematográfica de O Retrato de Dorian Gray, clássico literário de Oscar Wilde, será bem diferente do comum – ao invés de mostrar um homem que permanece jovem enquanto seu retrato envelhece, o protagonista será uma mulher.

A cantora St. Vincent, que dirigiu um dos curtas-metragens da coletânea de terror XX, vai estrear em longas com o projeto. Ela venceu o Grammy em 2015 por seu álbum autointitulado, St. Vincent.

Enquanto isso, David Birke (Elle) foi contratado para escrever o roteiro. A última versão do clássico foi feita em 2010, com Ben Barnes (Westworld) no papel principal, mas o músico Reeve Carney também interpretou o personagem em Penny Dreadful.