X-Men: Fênix Negra fará mudanças significativas às HQs para economizar orçamento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O roteirista Simon Kinberg tem conduzido a franquia X-Men desde os seus primórdios, e deve assumir a direção pela primeira vez em X-Men: Fênix Negra.

Falando ao CBM, o escritor disse que vai suavizar os elementos mais “intergaláticos” da história em quadrinhos original que mostra Jean Grey se transformando na entidade maligna. “Temos que achar uma maneira de trazer essa história de volta à Terra, esses filmes devem continuar humanos e emocionais”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o resultado abaixo do esperado de X-Men: Apocalipse nas bilheterias, cortar as partes mais “extravagantes” da história em quadrinhos é também uma decisão econômica, para reduzir o orçamento inflado dos filmes anteriores da franquia.

Jennifer Lawrence, Michael Fassbender, James McAvoy, Nicholas Hoult, Alexandra Shipp, Sophie Turner, Tye Sheridan e Kodi Smit-McPhee estarão de volta em seus papéis. Jessica Chastain foi confirmada como a vilã do filme.

Summer Fontana (The Originals) foi escalada para o papel de Jean Grey quando criança, que deve aparecer em flashbacks ao lado do pai (feito pelo ator Scott Shepherd). Enquanto isso, a estreante Kota Eberhart foi escalada como Luna, uma personagem misteriosa, e Halston Sage (Vizinhos) deve ser a mutante cantora Cristal.

X-Men: A Fênix Negra chega aos cinemas em 2 de novembro de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio