Michael Keaton explica por que não fez Batman 3

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao jornal inglês The Guardian, Micheal Keaton explicou por que, após dois filmes muito bem sucedidos, decidiu não fazer mais o Batman.

Keaton deu vida ao herói da DC em Batman (1989) e em Batman: O Retorno (1992). Dirigidos por Tim Burton, os dois filmes fizeram sucesso e continuaram sendo assistidos com o passar dos anos. Quem não se lembra do Coringa de Jack Nicholson ou da Mulher-Gato de Michelle Pfeiffer?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michelle Pfeifer, Michael Keaton e Tim Burton

Contudo, Burton saiu do projeto antes do terceiro filme. Na ocasião, Keaton também abandonou o uniforme de Homem Morcego. Criou-se a impressão de que o ator não quis continuar o trabalho sem Burton na direção, mas agora Keaton afirmou que não fez o terceiro filme porque o projeto “não era nada bom”.

“Eu tentei ser paciente, mas depois de certo ponto, eu disse: ‘não posso fazer isso, vai ser horrível’”, declarou o ator.

“Mas, veja, havia muito mal gosto nos anos 1990, e eu provavelmente contribuí para isso, infelizmente. Foi um período com excesso de nouveau rich – todos eram conhecidos por seus jatinhos e coisas assim. E eu pensei: ‘estou neste ramo a longo prazo, não quero isso’”.

Assim, Val Kilmer assumiu o papel em Batman Eternamente (1995), que de fato não bem recebido pela crítica, apesar de ter sido um grande sucesso de bilheteria.

Val Kilmer e Nicole Kidman em Batman Eternamente

Keaton e Burton se reunirão novamente no remake de Dumbo, clássico da Disney.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio