Mulher-Maravilha 2 | Petição quer que heroína seja mostrada como bissexual na continuação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muita gente não sabe, mas nos quadrinhos, a Mulher-Maravilha é abertamente bissexual. Esta condição, entretanto, não foi tratada nas telas dos cinemas, mas uma petição aberta pelo GLAAD, organização que monitora a representação de LGBTs no audiovisual, quer mudar isso.

A petição pede para que a atriz Gal Gadot e a diretora Patty Jenkins façam com que Diana seja representada como bissexual na continuação de Mulher-Maravilha, o que a tornaria a primeira personagem abertamente LGBT no universo cinematográfico da DC Comics. A petição já tem em torno de 1.800 assinaturas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vale ressaltar que a Mulher-Maravilha não é a primeira personagem bissexual que foi dos quadrinhos para o cinema e foi tratada apenas como heterossexual nas telonas. Arlequina e Deadpool também são bissexuais, mas seus filmes só os mostraram em relacionamento com pessoas do sexo oposto.

A continuação de Mulher-Maravilha será lançada no dia 13 de dezembro de 2019, com a diretora Patty Jenkins e o roteirista Dave Callaham (Godzilla) à bordo. Mulher-Maravilha já arrecadou mais de US$800 milhões mundialmente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio