Star Wars | Franquia tem histórico de problemas com seus diretores; saiba por quê

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a recente notícia de que o diretor do Episódio IX, Colin Trevorrow, foi demitido de seu cargo, uma pergunta fica na cabeça dos fãs da saga: Por que Star Wars têm tantos problemas com a sua produção ?

Há alguns meses, os fãs da saga criada por George Lucas, foram pegos de surpresa pela notícia de que a dupla Phil Lord e Chris Miller, ambos dirigiam o longa Han Solo: Uma História Star Wars, foram demitidos por “diferenças criativas”. Fontes internas confirmaram que a dupla também não mantinha um bom relacionamento com Kathleen Kennedy, presidente do estúdio. Apesar de não ter sido confirmado ainda, fontes afirmam que esse também foi um dos motivos que causaram a demissão do diretor Colin Trevorrow.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Verdade seja dita: A saga sempre teve problemas com a direção. Desde o Episódio V, O Império Contra-Ataca, quando George Lucas desistiu da direção e estava em busca de um comandante para o próximo episódio. O filme foi muito criticado porque a Director’s Guild of America não aceitava os letreiros icônicos da saga, como resultado Lucas saiu da associação provocando uma polemica em Hollywood. A produção do longa foi obrigada a encontrar um diretor que também não fizesse parte da associação.

O primeiro filme a ser lançado, Star Wars: Uma Nova Esperança, teve problemas desde o roteiro, que até então parecia um remendo de ideias. A salvação do longa veio durante a montagem e pós-produção, onde Lucas encontrou o filme que conhecemos hoje.

Em O Retorno do Jedi, a produção teve grandes nomes cotados para a direção, porém, depois que Richard Marquand foi escolhido, uma outra vertente do problema ficou evidente. Mesmo com outro diretor, Lucas ainda segurava as rédeas como produtor/roteirista do longa.

Mesmo depois da Disney assumir o controle da saga, esse comportamento é muito vísivel com os diretores de “Han Solo” e Episódio IX. A justificativa mais fácil é que pelo tamanho da saga, um controle de qualidade deve ser imposto para que os filmes sejam agradáveis para o público. Porém, isso também limita o trabalho de diretores mais novos, que talvez, pudessem trazer um olhar novo sobre o universo Star Wars.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio