Star Wars: Os Últimos Jedi | Diretor confessa que simpatiza com o vilão Kylo Ren: “Ele não é Darth Vader”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Rian Johnson confessou, em entrevista à revista Empire, que consegue simpatizar com o vilão de Star Wars: Os Últimos Jedi, o temível Kylo Ren (Adam Driver), que terminou o filme anterior matando seu próprio pai, Han Solo (Harrison Ford).

“Muito de Star Wars é sobre a transição da adolescência para a vida adulta. É o coração desses filmes, e aqui Rey é a que está passando por isso de forma mais óbvia. Mas Kylo também está. Nos filmes originais, você simpatizava inteiramente com Luke, enquanto Darth Vader era o outro assustador – ele era o minotauro no centro do labirinto”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A coisa mais fascinante sobre Kylo e Rey é que eles são dois lados da mesma moeda. Todo mundo consegue se relacionar com Kylo, com aquela raiva de estar no meio da perturbação da adolescência e tentando descobrir quem você vai ser como homem, querendo se separar de sua família. Ele não é Darth Vader – ou ao menos não ainda”, contou.

Star Wars: Os Últimos Jedi será lançado em 14 de dezembro de 2017. O Episódio IX fecha nova trilogia em dezembro de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio