O diretor David Fincher, de Garota Exemplar e Clube da Luta, criticou o sistema atual de Hollywood e, mais especificamente, a Marvel, alegando que não há espaço para pessoas talentosas no estúdio.

“Veja, há um monte de pessoas talentosas que – sinto que não há muito para elas em termos de sustento ao trabalho na Marvel. E eu acho que se fizermos um bom ambiente, podemos conseguir histórias poderosas, adultas, interessantes, complexas e desafiantes e aprender a como desenvolvê-las. Há uma chance de não se precisar ficar preso ao esquema de três atos. E há coisas que não precisam ter apenas 22 minutos de duração e um gancho. Acho que é um momento emocionante para isso” explicou Fincher em publicação do Comic Book Movie.

As críticas de Fincher à indústria de Hollywood e à Marvel reflete problemas já apontados por outros cineastas, como Edgar Wright, que deixou a direção de Homem-Formiga por conflitos com a Marvel.