Ao adentrar no mundo de Thor: Ragnarok, o diretor Taika Waititi teve de criar várias locações espaciais e ter contato com um mundo fantástico. Porém, será que ele teria interesse de participar de um filme de outra franquia espacial?

Foi isso o que ele respondeu ao ser questionado pelo New York Times se ele estaria interessado em dirigir um longa de Star Wars.

“Essa franquia em participar me parece muito fechada. Não há muito lugar para mim. Através de seu canon, Star Wars sempre teve um tom sério, enquanto a Marvel, com décadas de quadrinhos, tem se movimentado entre o drama e a comédia. E improvisação tem isso uma ferramenta em todos os filmes da Marvel desde que Robert Downey Jr. entrou em Homem de Ferro” explicou Waititi. Ao que parece, a questão do tom dos filmes é muito importante para o diretor.


Em sua terceira aventura solo, Thor se vê preso do outro lado do universo, sem seu martelo, e entra em uma corrida para salvar Asgard do Ragnarok – uma espécie de apocalipse, em que seu mundo seria destruído completamente, tudo pelas mãos da terrível Hela. Primeiro, no entanto, ele tem que sobreviver a um desafio de gladiadores que o coloca contra um amigo – incrível Hulk!

Thor: Ragnarok estreia em 25 de outubro no Brasil, com direção de Taika Waitiki.

Thor: Ragnarok tem sua trama revelada

Thor: Ragnarok reinventa a franquia: “É como se fosse o primeiro filme”, diz diretor

“Ele é como um deus”, diz Mark Ruffalo sobre volta de Hulk

Cate Blanchett sobre viver primeira vilã da franquia: “Ela é maluca”