Em entrevista ao ScreenRant, o diretor Jake Kasdan comentou sobre a polêmica em torno do figurino revelador de Karen Gillan, única protagonista feminina do filme. Quando as primeiras fotos e trailers foram lançados, a produção foi criticada por dar a Gillan o figurino mais “sexy”, enquanto os homens do elenco aparecem para lá de “cobertos” por roupas.

“Nós sempre tivemos consciência do que isso pareceria nas fotos e no trailer. Não quero entregar o que eu amo sobre o filme e sobre essa personagem, mas não é o que parece. Certamente endereçamos isso no filme. Estamos muito conscientes do que estamos fazendo”, disse.

“Quando entrei no projeto, eu sabia que tipo de personagem ela seria. Eu amo essa personagem. Acho que é algo completamente diferente do que já foi visto em um filme. As pessoas vão amar quando entenderem exatamente o que estamos fazendo aqui”, contou.


No novo Jumanji, quatro crianças ficam presas em uma sala de detenção e lá encontram um antigo videogame. Quando literalmente entram no universo do game, eles adquirem a forma dos personagens de Dwayne Johnson (Dr. Bravestone), Jack Black (Professor Shelly Oberon), Karen Gillan (Ruby Roundhouse) e Kevin Hart (Moose Finbar).

Estrelado por Robin Williams e uma jovem Kirsten Dunst, o longa original de 1995 foi baseado no livro de Chris Van Allsburg sobre duas crianças que, ao libertarem um homem preso em um jogo de tabuleiro mágico há décadas, também acabam soltando no mundo real as criaturas selvagens do game.

Jumanji: Welcome to the Jungle tem estreia prevista para 4 de janeiro de 2018.