Um novo estudo conduzido por especialistas em psicologia do luto e publicado pelo Omega Journal mostra que filmes de animação da Disney contem mais mortes do que a maioria dos longas adultos.

Segundo o estudo, os personagens animados da Disney tem o dobro de chances de morrer do que os personagens de filmes de outros estúdios e mesmo dos filmes live-action para outros públicos da Disney.

Filmes como Bambi, O Rei Leão e Frozen ajudam crianças a processar a ideia da morte de entes queridos e ter contato pela primeira vez com o tema da mortalidade, segundo o estudo, que joga uma luz positiva na tendência.


“Essas são conversas importantes para se ter com crianças, e esperar até elas encararem pela primeira vez o fim da vida de alguém que conhecem não é uma boa ideia”, diz a Professora Kelly Tenzek, que conduziu o estudo na Universidade de Buffalo (EUA).