As acusações de assédio contra Harvey Weinstein trouxeram mais um problema para a Weinstein Company, dessa vez, relacionado ao filme The Current War, estrelado por Benedict Cumberbatch.

Anteriormente programa para chegar aos cinemas norte-americanos em 24 de novembro, o filme foi adiado para uma data ainda a ser definida em 2018, aponta do Deadline.

O medo da empresa é que o filme acabe sendo duramente criticado por público e crítica, uma vez que até mesmo Cumberbatch teria reprovado as atitudes de Harvey Weistein, confessando ter ficado “enojado com as ações horrorosas e imperdoáveis” do produtor.


A ideia da Weinstein Company é esperar que os ânimos na indústria se acalmem para então lançar o filme.