Atividade Paranormal | Diretor diz que preferia seu final original ao sugerido por Steven Spielberg

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

AVISO: O texto a seguir contém spoilers sobre o final de Atividade Paranormal

Quando o primeiro filme da franquia Atividade Paranormal foi lançado em 2009, a principal história de bastidores era sobre o pedido que Steven Spielberg fez ao diretor e roteirista Oren Peli em relação ao final do filme.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Spierlberg deu a sugestão de mudar o final do filme pois achou que o desfecho original não teria tanto impacto de crítica e de bilheteria. Com isso, Spielberg pegou mais 4 mil dólares da Paramount, estúdio responsável pela produção, e orientou Peli a dirigir o final sugerido.

O final do filme que foi aos cinemas e aos DVDs na época, que foi sugerido por Spierlberg, é onde Kate, possuída, após matar o esposo Mica, o arremesa na câmera do quarto e, com ele morto, se aproxima da câmera para “dar um bote” nela.

Já o final original é bem diferente. Confira no vídeo abaixo as diferenças entre o final que foi para os cinemas (theatrical), o original de Peli e um alternativo que foi desconsiderado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio