Disney proíbe jornal de ver seus filmes após matéria denunciando supostas práticas ilegais do estúdio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Disney tomou um passo drástico nessa sexta (03) contra o Los Angeles Times, jornal americano que publicou uma série de matérias denunciando supostas práticas ilegais do estúdio na cidade de Anaheim (Califórnia), casa do principal parque temático da Disney.

Em duas matérias (aqui e aqui), o Los Angeles Times entrevistou uma série de oficiais de governo e cidadãos de Anaheim que se mostraram indignados com a forma como a Disney tinha “sugado” incentivos e subsídios oferecidos pela cidade, a ponto de drenar a economia local muito mais do que a incentiva.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em resposta, a Disney proibiu o Los Angeles Times de assistir aos filmes lançados por ela, inclusive o recente Thor: Ragnarok.

Glenn Whipp, que escreve para o jornal, esclareceu a situação no Twitter: “O Los Angeles Times foi ‘colocado de castigo’ pela Disney, que barrou seus repórteres e críticos de verem seus filmes. A Disney não gostou da nossa recente reportagem em duas partes sobre as conexões financeiras do estúdio com a cidade de Anaheim”, escreveu.

“Essa ação da Disney é uma indicação clara de como Bob Iger [CEO da empresa] se sente sobre a liberdade de imprensa, o que é particularmente relevante porque dizem os boatos que ele tem ambições políticas para quando se aposentar do estúdio, em 2019”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio