E.T. – O Extraterrestre | “Trabalhar com o E.T. quase me matou”, confessa Steven Spielberg

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o próprio diretor e produtor Steven Spielberg, o filme E.T. – O Extraterrestre, lançado em 1982, foi o filme mais complicado de gravar de toda sua carreira.

De acordo com o diretor: “Eu sei que muitas pessoas amaram o filme e amaram o E.T., mas trabalhar com ele quase me matou”, disse Spielberg em entrevista concedida ao site The Onion.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda complementou que trabalhar com o protagonista do filme “foi um pesadelo absoluto desde o primeiro dia de filmagem”, onde o ator que interpretou o alienígena se recusou a receber ordens, trocou diálogos do roteiro aleatoriamente e levou praticamente todo o elenco mirim a chorar por conta de seus ataques de raiva.

“Nós só o utilizamos fisicamente uma ou duas vezes, mas tendo que lidar com sua megalomania foi o que me fez trabalhar com alienígenas em CGI (efeitos digitais) desde então. Sinceramente, o dia que ele entrou em sua nave e foi embora de Hollywood para sempre foi o dia mais feliz da minha vida”, completou o autor de E.T. – O Extraterrestre.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio