“Era claramente um filme obsceno”, diz Oliver Stone sobre acusações de abuso sexual feitas por atriz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Oliver Stone respondeu publicamente sobre a alegação de ter praticado abuso sexual contra a atriz Melissa Gilbert durante a audição para o filme The Doors.

Em um comunicado ao site Deadline, Oliver disse: “Nós fizemos testes de elenco com dezenos de atores em The Doors e foi dito claramente no processo que nosso filme seria obsceno, sem amarras no estilo rockn’n’roll. Qualquer pessoa que foi testada foi avisada que as cenas poderiam ser refeitas e performadas de um roteiro, com minha diretora de elenco Risa Bramon Garcia, presente em toda a audição para criar um ambiente seguro para todos que fizeram a audição”, complementa o diretor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Melissa Gilbert, em entrevista à Andy Cohen, disse que Stone fez teste de elenco horrível e humilhante. Gilbert fez teste para interpretar a personagem que acabou sendo de Meg Ryan na cinebiografia de Jim Morisson. Ela afirmou que Stone escreveu uma cena de teste exclusivamente para ela, onde tocou em suas mãos e joelhos dizendo “Me faça, gata”. Melissa saiu do teste chorando enquanto Oliver pediu para que ficasse, alegando que foi constrangida e embaraçada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio