Esquadrão Suicida | Diretor admite arrependimento com papel do Coringa: “Era para ele ser o vilão principal”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor David Ayer, que comandou Esquadrão Suicida para a Warner/DC, admitiu no Twitter, ao responder um fã, que se arrepende do papel do Coringa no filme.

“Acredite em mim, eu agonizo sobre isso. Sim, o Coringa deveria ter sido o vilão principal”, escreveu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A sequência de Esquadrão Suicida deve começar suas filmagens em março de 2018, com Gavin O’Connor, de O Contador (2016), no roteiro e direção.

Esquadrão Suicida foi um sucesso de bilheteria, arrecadando mais de US$ 700 milhões. Ainda não há uma previsão de estreia para a sequência.

Além disso, o filme vai ganhar um derivado: O Coringa deve voltar a atuar ao lado de Margot Robbie, a Arlequina, para um filme focado na relação dos dois vilões.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio