Ex-presidente da Marvel, apoiador de Donald Trump, impediu que brinquedos da Viúva Negra fossem lançados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isaac “Ike” Perlmutter foi CEO da Marvel durante os primeiros anos do desenvolvimento do universo cinematográfico da editora, e hoje em dia é um conselheiro “não-oficial” para o presidente dos EUA, Donald Trump, após doar para sua campanha em 2016.

Em uma nova matéria da Vanity Fair, foi revelado que Perlmutter mantinha uma mão de ferro no departamento de cinema da Marvel durante seu “reinado”, mas que a Disney o “colocou de lado” quando percebeu que suas opiniões eram “ultrapassadas”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo o artigo, Perlmutter citava seus anos trabalhando na indústria de brinquedos para justificar a exclusão da Viúva Negra das linhas de produtos para crianças da Marvel, dizendo que “super-heroínas não iriam vender”.

A personagem, que apareceu pela primeira vez em Homem de Ferro (2010), só ganhou um boneco de ação oficial em Os Vingadores (2012), mas o problema na Marvel não parece ter ido embora com Perlmutter, já que a Gamora de Guardiões da Galáxia (2014, 2017) ainda não recebeu um brinquedo oficial.

A Viúva Negra retorna em Vingadores: Guerra Infinita, que será lançado em 26 de abril de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio