Martin Sheen recusou papel em O Silêncio dos Inocentes por causa de violência no filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de uma carreira prolífica em Hollywood, que continua firme e forte com seu papel na série Grace and Frankie, da Netflix, o astro Martin Sheen tem alguns arrependimentos de décadas passadas.

Um dos maiores deles é ter recusado o papel de Jack Crawford em O Silêncio dos Inocentes, que seria interpretado por Scott Glenn.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava muito dividido quando me ofereceram esse papel. Eu não queria estar em um papel que talvez inspirasse alguém a assassinar alguém”, contou Sheen. “Eu participei de Apocalypse Now, e decidi que depois disso não queria mais matar ninguém em tela”.

 

Outros arrependimentos incluem recusar papéis em Blade Runner: O Caçador de Andróides (1982) e Um Passe de Mágica (1978).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio