Star Wars: Os Últimos Jedi | Andy Serkis descreve Snoke como “um homem machucado e vulnerável”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nada do mito do vilão invulnerável e frio para a nova trilogia Star Wars – segundo o ator Andy Serkis, que encarna o poderoso Supremo Líder Snoke no vindouro Os Últimos Jedi, o personagem é “um homem vulnerável e machucado”.

O ator comemora que o personagem vá aparecer pela primeira vez em carne e osso no novo filme, já que suas cenas em O Despertar da Força (2015) se limitaram a aparições em forma de holograma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ele é um personagem interessante. Ele é um predador, que explora as suas fraquezas. Ele é muito forte com a Força, é terrivelmente poderoso, mas ele é também um homem machucado. Ele sofreu feridas de verdade e metafóricas na vida”, conta Serkis à EW.

“Sua natureza malévola é uma reação ao que aconteceu com ele, não uma natureza sua. Ele odeia a Resistência por causa de seu passado”, diz ainda. “No filme, descobrimos a verdadeira força da Primeira Ordem, que é fenomenal”.

O ator ainda falou sobre a relação entre o vilão e seu aprendiz, Kylo Ren (Adam Driver). “O treinamento de Kylo não está indo como ele desejaria. Ele não suporta ver fraqueza nos outros, então sua raiva se volta rapidamente para Kylo”, conta Serkis. “Parte do plano dele é jogar Kylo contra Hux [Domhnall Gleeson], e vice-versa”.

Star Wars: Os Últimos Jedi irá estrear nos cinemas no dia 14 de dezembro de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio