007 – Operação Skyfall | Primeira versão do roteiro matava personagem de maneira bem diferente

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

007: Skyfall, dirigido por Sam Mendes, foi filme que contou com Daniel Craig no papel do lendário espião britânico James Bond e quase teve um final bem diferente do que foi mostrado na versão final.

A franquia 007 foi revitalizada a partir dos anos 2000, com a continuação de Pierce Brosnan como protagonista, dando lugar depois à Daniel, estreando em Casino Royale.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um livro chamado Some Kind of Hero, uma espécie de retrospectiva do filme de 2015, contém detalhes que mostram que o final de 007 – Operação Skyfall seria bem diferente nas primeiras versões do roteiro, segundo apurou o site Birth Movies Death.

Os roteiristas Peter Morgan, Neal Purvis e Robert Wade escreveram nos primeiros tratamentos que haveria uma cena de flashback mostrando uma jovem M (Judi Dench), que foi morta ao final de Skyfall. Essa cena do passado seria ambientada durante a Guerra Civil tendo um caso com um agente da KGB. Isso acaba fazendo com que M fosse chantageada, com dados importantes sendo revelados. Isso fez com que Bond matasse sua chefe e aliada de longa data, em prol do serviço.

A produção de Skyfall passou por outras situações complicadas, no mínimo. Foi revelado que uma ação errônea de Craig quase custou milhões de dólares à produção do filme.

Ainda bem que o final de M foi alterado, dando à ela uma situação de honra e glórias à personagem interpretada de maneira solene por Dench.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio