Bryan Singer diz que foi demitido de filme sobre o Queen por causa de problemas de saúde do seu pai

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Bryan Singer acusou a Fox de demiti-lo de Bohemian Rhapsody, filme biográfico da banda Queen, por conta do tempo sabático que pediu para lidar com problemas de saúde de seu pai.

“Esse filme é um projeto passional meu”, escreveu Singer para o THR. “Com menos de três semanas para terminar as filmagens, eu pedi para a Fox por um tempo de folga para voltar aos EUA e lidar com um problema de saúde grave do meu pai. Essa experiência foi muito exaustiva para mim, e acabou tendo impacto em minha própria saúde. Infelizmente, o estúdio não pode me acomodar e acabou me demitindo. Não foi minha decisão, e estava fora do meu controle”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já os estúdios Fox disseram que a decisão foi feita baseada em uma crescente briga entre o diretor e o protagonista, Rami Malek (Mr. Robot). A Fox espera anunciar o próximo diretor em breve.

Bohemian Rhapsody segue marcado para lançamento em 25 de dezembro de 2018 nos EUA.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio