Criador de Kingsman é contra compra da Fox pela Disney: “Não há lado bom”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O quadrinista Mark Millar, envolvido na produção de vários filmes baseados em suas obras, como Kick-Ass e Kingsman, acha que “não há lado bom” na compra da Fox pela Disney.

Em uma série de tuites disparados na tarde dessa quinta (14), o artista começou: “Isso é bom para a Disney, ruim para a Fox. Ruim também para criadores, já que agentes tem um estúdio a menos competindo pelos projetos. Não vejo vantagem, apostas arriscadas como Deadpool nunca aconteceriam na Disney”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A Fox estava indo bem com os filmes de X-Men/Wolverine, seis dos nove lançados foram bons. Eles estão cansados agora e precisam de uma recarregada, no que a Disney pode ajudar com um reboot”, escreveu a seguir.

“Acho que eu estou sozinho em absolutamente não ligar para ver o crossover entre as franquias. Personagens demais se tornam impenetráveis para a audiência mainstream. A simplicidade da Marvel tem sido sua maior força”, continuou.

“Um último pensamento: Se a Marvel tivesse os X-Men e o Quarteto Fantástico cinco anos atrás, eles teriam feito Guardiões da Galáxia e Homem-Formiga? A Disney só faz um número específico de filmes por ano. Eu espero que o público não perca a oportunidade de ver projetos inusitados e únicos agora”, concluiu o quadrinista.

Curiosamente, a franquia Kingsman, baseada em quadrinhos de Millar, é uma das que passam para a tutela da Disney com o trato. Recentemente, o roteirista Matthew Vaughn disse que estava trabalhando no roteiro do terceiro filme.

Artigo | A compra da Fox pela Disney é a pior notícia do ano no cinema

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio