Diretor vencedor da Palma de Ouro em Cannes perdeu troféu; entenda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Ruben Ostlund, que venceu a Palma de Ouro da edição 2017 do Festival de Cannes, perdeu o troféu valiosíssimo poucos dias depois de ganhá-lo – mas foi só por alguns minutos.

Segundo o ator Claes Band, que protagonizou o filme The Square, que rendeu o prêmio ao diretor, Ostlund quis fazer uma “turnê” pelo festival no dia depois da premiação, para se despedir da cidade francesa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nós estávamos carregando câmeras e luzes e reencenando momentos marcantes do Festival, como uma brincadeira para nossas famílias e os fãs”, contou. “E na pressa de passar por todos os lugares em um só dia, estávamos arrumando as malas muito rapidamente”.

“Houve um momento em que entramos no carro para ir ao próximo lugar e seguimos viagem normalmente, até alguém dizer: ‘Onde está a Palma?’. Nós deixamos ela na rua! Voltamos buscar e ela estava lá ainda, o que foi sortudo”, disse ainda.

Não só a Palma de Ouro é um dos prêmios mais prestigiados do cinema, como a de 2017 marcada a 70ª edição do Festival de Cannes, tornando-a ainda mais valiosa – especialmente por ser feita de “ouro e diamantes”, como relembrou Bang mortificado.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio