Papel em Quarteto Fantástico quase impediu Chris Evans de interpretar o Capitão América; entenda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Todo mundo sabe que, antes de ser o Capitão América da Marvel (manto que assumiu a partir de 2011), o ator Chris Evans encarnava outro herói, o Tocha Humana, nos filmes do Quarteto Fantástico (lançados em 2005 e 2007).

O que o produtor Kevin Feige revelou em uma nova entrevista com a Vanity Fair é que os dois papéis quase entraram em conflito, e a Marvel inicialmente não queria escalar Evans como o Capitão por causa de sua ligação com a outra franquia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Foi muito difícil escalar o Capitão América. Eu comecei a pensar: ‘E se não acharmos alguém para interpretá-lo, o que será dos Vingadores?’. Foi quando nós finalmente nos abrimos para a possibilidade de escalar Chris, que inicialmente tínhamos dispensado por causa de sua associação com Quarteto Fantástico”, disse.

“Ele é um astro relutante”, continuou o produtor. “Eu acho que ele se tornou o Capitão América em muitos sentido. Apesar de todos os nossos atores serem incríveis em encarnar seus papéis, eu acho que ele é um daquele atores, como Christopher Reeve e o Superman, que realmente marcou sua identidade”.

Evans retorna ao papel em Vingadores: Guerra Infinita, que estreia em 28 de abril de 2018, com sua continuação, ainda sem título, marcada para 2 de maio de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio