Ridley Scott é considerado um dos cineastas mais criativos dos últimos tempos, por ter criado dois universos: Blade Runner e Alien.

Mas como seria Scott dirigindo algum filme da franquia Star Wars? Segundo o próprio diretor, em entrevista para o site Vulture, que agora está com o lançamento próximo de Todo O Dinheiro do Mundo, isso nunca aconteceu e acontecerá porque é “muito perigoso”. A resposta atravessada foi uma crítica por conta de supostos rumores indicando que trabalhar para a Disney, é perder liberdade criativa.

Ridley Scott começou sua carreira já colocando sua criação no gênero do terror em 1979, com Alien. Depois, trabalhou somente na direção desse universo com Prometheus e Alien: Covenant, ambos não muito bem recebidos. Deixou de lado esse tema e também não optou pela direção de Blade Runner 2049, sucessor de sua outra criação, dessa vez para a ficção científica, de 1982.


Ridley é famoso e renomado na indústria justamente por desejar uma liberdade de criação em seus filmes, o que sabe que não iria encontrar caso aceitasse a cadeira com o nome Star Wars na inscrição.

Enquanto Star Wars: Os Últimos Jedi, dirigido por Rian Johnson, estreou nos cinemas em 14 de dezembro de 2017 e se aproxima do primeiro bilhão de dólares, Todo O Dinheiro do Mundo, de Scott, vai aos cinemas em 18 de janeiro de 2018.